top of page
Buscar
  • Foto do escritorAdnan Brentan

Obrigado 2022! Seja bem vindo 2023!


"A natureza abençoa aqueles que se comunicam com ela. Quando você consegue deixar para trás o barulho e a agitação da cidade grande e se entregar à harmonia e ao ritmo da natureza, volta renovado. Durante algum tempo, não se perturba, não se abala, até que gradualmente o barulho e a tensão externa começam a invadir aquela sensação de paz interior." Stephen R. Covey


Em 2022 estive com vocês em mais de 100 dias de aventura e elevação, mais de 100 dias de contato genuíno com a Natureza.

Quero agradecer por me permitirem continuar compartilhando estas experiências e assim garantir um meio de vida digno e significativo. É uma honra e uma fonte de satisfação e alegria para mim.


Neste último dia de um ciclo onde demos uma boa e emocionante volta ao redor do Sol quero relembrar e reforçar os principais motivos que nos levam a esta busca deste contado/experiência nos ambientes naturais.


Porque gostamos tanto de atividades desafiadoras na Natureza?

Muitas respostas vão surgir, umas óbvias e outras nem tanto:

- Quero conhecer lugares belos e menos adulterados pela presença humana;

- Quero ter um tempo livre das preocupações do cotidiano;

- Nas viagens mais longas quero experimentar uma cultura e hábitos diferentes dos meus;

- Quero me desafiar fisicamente;

- Quero enfrentar alguns dos meus medos;

- Quero conhecer gente nova e interessante.


Todas estas e outras respostas são verdadeiras, mas, ainda assim, não representam a totalidade do que podemos vivenciar nestas aventuras. Mas eu gostaria de chamar a atenção para uma capacidade genuinamente humana, um dom humano que, embora seja latente em todos, é cada vez mais negligenciado no nosso cotidiano.


"A candeia do corpo é o olho. Se teu olho for simples, todo o teu corpo será luminoso. Se o teu olho for iníquo, todo o teu corpo será sombrio." Mateus 5:22


"O sossego, o lugar agradável, a amenidade dos campos, a placidez dos céus, o murmúrio das fontes e a tranquilidade do espírito são de grande ajuda para que as musas estéreis se mostrem fecundas e ofereçam ao mundo partos que o encham de maravilha e alegria." Miguel de Cervantes


"Meus olhos, como nuvens, recolhem pérolas perfeitas.

E a nuvem de meu espírito ascende ao céu dos que se entregam."

Rumi - Poemas Místicos


"Pouco ligo, de resto, ao chamado "bom tempo", pois qualquer tempo é belo e agradável, quando se sabe abrir os olhos e a alma." Hermann Hesse


"...O olhar deve se dirigir diretamente ao coração das coisas. Nessa profundeza vai se revelando, então, uma relação infinita que antes ficara encoberta; só assim se realiza a índole essencial da contemplação." Josef Pieper


Muitos sábios e conhecidos mestres da humanidade apontam para a grande importância da contemplação, alguns até afirmam que a real felicidade pode ser alcançada na experiência da contemplação.


Mas o que é a contemplação?

Poderíamos afirmar que contemplação é olhar de forma relaxada com atenção e foco à algo externo a nós que por genuína beleza é capaz de nos impactar e silenciar o falatório interno de preocupações, lembranças, ansiedades, angústias, expectativas,... mesmo que este falatório diga respeito a coisas consideradas boas e prazerosas para nós. Quando nos entregamos voluntária e espontaneamente ao contemplar uma paisagem, uma obra de arte, uma criança sorrindo, uma boa ação,... algo em nós (ou para além de nós) é capaz de se conectar com esta realidade subjacente e ao mesmo tempo plena e, mesmo que seja por um instante, esta conexão é uma conexão com tudo. Mesmo que por uma fração de segundo estamos ligados e deixamos de nos sentir sozinhos. Neste instante não existe a separação e tudo aquilo que surge dela não nos oprime, não nos amedronta, não nos afasta da verdadeira fonte da Vida. Por um tempo percebemos que estamos com todos, estamos com tudo, estamos com Deus. Mais do "estamos com", "somos com". Somos com todos, somos com tudo, somos com Deus.

Contemplação é conexão, conexão com a realidade-vida-amor que a tudo une. Contemplação é superar a ilusão persistente da separatividade.


Este tipo de motivação pode parecer um alvo muito alto para um "passeio mais rústico" no meio do mato. Eu posso estar sendo "ambicioso" demais ao esperar poder criar condições para este efeito tão profundo, tão íntimo e tão elevado.


Faz mais de 13 anos que faço isso (organizar e guias trilhas na natureza) e, poucos dias atrás, comentava com minha esposa que depois de tanto tempo as minhas motivações ainda evoluem, ainda há motivos antes intuídos, mas não totalmente entendidos, que agora ficam mais claros.

É uma grande fonte de contentamento e motivação perceber que ainda consigo me elevar nas trilhas, mesmo elas sendo quase que cotidianas.


Despeço-me de 2022 com um sincero sentimento de gratidão. Gratidão a Deus, a Vida e a Natureza por tudo que nos proporcionaram.


E a vocês todos desde os mais chegados, os mais presentes. Mas também os ocasionais e os simpatizantes que, por enquanto, só acompanham de longe:


Obrigado pela confiança!

Obrigado pela parceria!

Obrigado pelo esforço!

Obrigado pela colaboração!


E para 2023 venho reforçar o nosso lema principal. Esta frase/máxima, que nasceu quase junto com a Gilgamesh faz mais de 13 anos, é uma exortação a extrair e experimentar o melhor que uma atividade da Natureza pode oferecer.


Eleve-se na trilha!

Eleve-se em 2023!



86 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page